2016

2016

14 junho 2013

do leite

contam-me os meus pais que em miúda me davam a beber leite que vinha diretamente da vaca, já que havia uma quinta perto da nossa casa. pensando bem nisso, no leite morno ainda com aquele gosto estranho, acho que hoje não seria capaz de o beber.
desde sempre que me lembro de gostar muito de leite. primeiro com chocolate, a partir de determinada altura, que não sei precisar, simples ou com cereais integrais [abrindo uma exceção para as Estrelitas de vez em quando].
há alguns anos comecei a reparar que tinha alguma intolerância ao leite. ou, para ser mais exata, à lactose. mudei de meio gordo para leite magro, mas a sensação de estar cheia não melhorou por aí além. ora, para quem adora leite como eu, que bebo uma caneca grande ao pequeno-almoço ou um batido de frutas, um pacote ao lanche e às vezes um copo antes de deitar, acabava por não ter grandes alternativas... achava eu. 
no passado fim de semana, o leite foi tema de conversa, porque aparentemente há uma grande percentagem de pessoas com o mesmo problema que eu, como demonstra este artigo. não sendo o leite de soja uma solução (detesto o sabor), optei por comprar um pacote de leite de arroz e outro de leite de aveia para experimentar. este último ainda está fechado, mas acredito que, gostando eu tanto de aveia, seja fácil adaptar-me. o primeiro é um pouco adocicado e aguado, mas tem aquele sabor a Nestum de arroz que adoro. 
é difícil esta mudança, já que o consumo de leite tem muito de cultural. faz-me confusão, pelo menos para já, pensar que o leite de vaca não fará parte do meu pequeno-almoço e dos meus dias. provavelmente optarei por alternar as várias possibilidades, mantendo no entanto o consumo de iogurtes e queijo, que não dispenso.
para já, um copo de leite de arroz antes de dormir: check.

1 comentário:

Polliejean disse...

Eu não bebo leite de vaca há uns 5 anos, quando também descobri que tinha uma certa intolerância. A minha intolerância é habitacional, ou seja, se beber leite três dias seguidos, fico mal, mas se beber um galão uma vez por mês não me faz nada. O mesmo para os iogurtes. Entretanto, já me habituei de tal maneira aos leites de soja, arroz, aveia, etc, que, sinceramente, não te sei dizer de qual gosto mais e hoje em dia já consigo beber um copo de leite de soja sem ter de disfarçar o sabor com cereais, por ex. E confesso, tirando os iogurtes, beber um copo de leite de vaca simples hoje em dia mete-me nojo... É tudo uma questão de hábito :)