2016

2016

27 agosto 2013

diariamente

é preciso serenidade para saber aceitar que aquilo por que lutámos não nos está destinado. 
é preciso paciência para perceber que nem todas as pessoas são iguais e algumas não têm que fazer parte do nosso caminho da forma que idealizámos. 
é preciso sabedoria para saber contornar o que não podemos mudar e, ainda assim, viver sem sobressaltos.
é preciso inteligência para saber separar o essencial do acessório. 
é preciso tranquilidade para saber reconhecer que perdemos e que é preciso seguir em frente, sem pensar muito, sem sofrer mais. 
é preciso coragem para admitir que é preciso mudar. e fazê-lo.

[e é preciso repetir tudo isto até à exaustão]


Sem comentários: