2016

2016

17 agosto 2013

take this waltz

"I've been thinking about that airport fear of yours, of being in between things. I think I kinda hate it too. I know it's kind of the nature of being alive, but I'd like to avoid it whenever possible"



tinha tantas expectativas em relação a este filme, que acabei por ficar um bocadinho desiludida. começa logo pela tradução do título para português: Notas de Amor. depois porque deixa bem mais nas entrelinhas do que o desejável e, neste filme em particular, soa a pouco, parece que faltam peças que ajudem a compor a vida daquelas três pessoas que o acaso juntou. cheguei ao final com uma sensação de vazio, de quem acompanhou [ainda que do lado de cá do ecrã] um caminho tão desejado e que perde expressão, aos poucos. quase um conto de fadas que tem um final inesperado. e todos nós sabemos como os contos de fadas são necessários para acreditarmos que vale sempre a pena lutar.
é quase como sentir - porque é inevitável ver um filme sem transpor algumas das cenas para a vida real - que se luta tanto por uma coisa e acaba por se morrer na praia. ou, pior, que a praia não era nada como a idealizámos. 
pontos positivos: Michelle Williams sempre sempre no seu melhor, Seth Rogen num papel como nunca o vimos (prova de que tem mais para dar do que apenas comédia fácil) e Luke Kirby surpreendente.

1 comentário:

nobady listening disse...

é .. mas infelizmente muitas vezes "morre-se" na praia... talvez seja um filme que aborde a questão pelo lado realista, não sei, nunca vi! E tens razão, às vezes precisamos de contos de fadas que terminem bem :) vou ver se vejo este filme... beijinhos e bom fim-de-semana