2016

2016

04 agosto 2013

uma pavlova que não chegou a ser

esta quase-pavlova nasceu da necessidade de aproveitar 6 claras de ovos e surgiu a oportunidade: uma sardinhada no terraço lá de casa. não havia melhor para terminar do que uma sobremesa fresca com morangos.
nunca tinha feito (e pelos vistos continuo sem fazer) uma pavlova. segui apenas a intuição. o problema foi o tempo e a forma de cozedura. ainda assim, diz quem provou (e repetiu!) que do "erro" nasceu uma ótima sobremesa e que, para a próxima, posso continuar a enganar-me. :)

Quase-pavlova com morangos

* 6 claras
* 6 colheres de sopa de açúcar
* umas gotas de limão
* 3 iogurtes gregos de morango
* morangos lavados e cortados q.b.

Pré-aquecer o forno a 120º.
Bater as claras e, a meio, juntar o açúcar e as gotas de limão até formar um merengue consistente e brilhante.
Num tabuleiro forrado com papel vegetal, espalhar o merengue dando-lhe uma forma redonda. Levar ao forno (creio que devia ter deixado cozer com a porta aberta, daí não ter chegado a ser uma pavlova).
Depois de arrefecer, espalhar os iogurtes por cima e, finalmente, os morangos lavados e cortados. Deixar no frigorífico até à hora de servir.



foto tirada pela minha irmã :)

Sem comentários: