2016

2016

12 setembro 2013

around the world

se pudesse pedir um desejo, apenas um, à lâmpada mágica, pedia uma segunda vida em que não tivesse que trabalhar e pudesse apenas fazer tudo o que me apetecesse. se pensarmos bem, o mundo tem demasiados lugares fantásticos que nunca conseguiremos conhecer. houve uma altura em que achava que regressar a sítios que já conhecia era perder tempo, com tanto mundo por descobrir. até ao dia em que percebi que os lugares são feitos de momentos e viajar com família ou amigos é diferente de ver o mesmo lugar com um olhar romântico (ou vice versa). por isso, sim, o meu desejo era viver uma segunda vez com todas as minhas pessoas e poder apenas viajar. 
podia começar por aqui: tenho um fascínio absoluto por lugares que transmitam tranquilidade e paz, onde só se ouve o barulho do mar, lugares para namorar, ver o por do sol, aproveitar o tempo livre, fazer massagens, caminhar, comer bem. este resort, numa ilha privada no Cambodja, é assim. 


















imagens

1 comentário:

Anónimo disse...

Melhor.