2016

2016

16 março 2014

dias assim

entre uma preocupação maior e todas as aquelas mais pequenas do dia a dia, é preciso parar, respirar fundo e olhar em volta. calçar os ténis, ir até ao parque mesmo ao lado de casa e percorrê-lo todo uma, duas, três vezes, até que o sol se entranhe na pele e devolva a certeza de que tudo vai ficar bem. 
perceber e fazer acreditar que o tempo cura tudo, mas não faz esmorecer um sentimento tão bom, tão forte, tão bonito como o que temos por aqueles que nos querem bem. e a quem queremos também, acima de tudo, tanto ou mais do que a nós. 
têm sido assim os dias, entre conversas longas, desabafos, carinho e preocupação genuína. a vida sempre a mostrar-nos que não podemos baixar os braços, que é preciso lutar e reerguermo-nos, numa aprendizagem constante. e que para isso temos que estar atentos e dar o máximo e mais um pouco, que só assim faz sentido quando se gosta de alguém.

Pinterest

Sem comentários: