2016

2016

19 agosto 2014

bons hábitos

desde que comecei a caminhar no paredão com regularidade, tenho notado algumas diferenças em mim. não o faço por obrigação, mas antes porque começo a sentir falta daquele momento matinal como do ar que respiro. tenho conseguido ir entre 4 a 5 vezes por semana, cerca de uma hora a uma hora e meia, sem telemóvel, só com a música nos ouvidos e o mar por companhia. a isto acresce uma série de abdominais que faço no final da caminhada, terminando com alongamentos. diariamente, vou estando atenta a mudanças no meu corpo e nos meus hábitos, sendo as mais significativas:

* acordo muito mais cedo do que era habitual e nunca contrariada;
* perdi 2 kg [mas tenho facilidade em perder peso, a genética ajudou-me];
* começo a ganhar músculo nas pernas, onde antes só existia flacidez;
* desapareceu aquela sensação de barriga inchada, com que muitas vezes acordava, e sinto-a mais tonificada;
* tenho [ainda] mais cuidado com a alimentação;
* deixei de ter dores na coluna;
* tenho menos dores de cabeça;
* deixei de ter a sensação de sonolência que tinha durante o dia, sobretudo a seguir ao almoço [mesmo tendo deixado de tomar café];
* sinto-me com mais vigor e durmo melhor.

ouvi, li e conversei com muitas pessoas que tinham histórias inspiradoras, porque tiveram um qualquer clic que lhes mudou a vida e começaram a correr ou a caminhar. motivei-me muitas vezes com estas histórias, mas nunca tive o impulso de o fazer inspirada nelas. todos temos o nosso momento, o nosso clic, seja por que razão for. não vou tornar este momento diário numa obrigação permanente, que é meio caminho andado para me desleixar. mas a verdade é que, com resultados destes, e em tão pouco tempo, a motivação aumenta e torna-se mais fácil saltar da cama às sete da manhã, sem esforço ou resmunguice. verão esquisito este, que até me trouxe bons hábitos. :)

imagem

3 comentários:

Teresa disse...

tão bom Joana!! um dia faço te companhia, pode ser? Estou me a preparar para o meu click ;)

Enjoy the Ride disse...

e serás muito bem vinda! :)

Teresa disse...

Obrigada Joana :))