2016

2016

04 agosto 2014

dias assim

há dias em que alguma coisa nos falta. uma espécie de inquietação toma conta de nós e não sabemos bem o que é, se é ausência ou falta de atenção, se uma lembrança perdida ou um desejo escondido. 
há dias em que nos faz falta alguém que nos dê o ombro e nos ouça. ou fique ali, em silêncio, a amparar-nos as dores de crescimento e as cicatrizes que o tempo ainda não curou. dias que podiam fazer a diferença, não fôssemos todos muito mais focados em nós do que nas entrelinhas dos que nos rodeiam.
há dias sem história, como hoje. dias em que ver o sol a pôr-se no mar é o momento mais importante, mas não há ninguém com quem o partilhar. dias que não ficam na memória e que trazem apenas a promessa de outros dias melhores [always look at the bright side].

imagem

2 comentários:

koklikô disse...

enganas-te, esse dia vai ficar na tua memória, quando um dia estiveres no mesmo sítio a ver outro pôr do sol de mão dada e cabeça encostada no ombro desse alguém, vais lembrar-te desse dia em que sentiste só e vais sorrir e encostar-te um pouco mais e vais perceber que faz tudo parte da viagem e que tudo tem o seu tempo...
beijinhos

Enjoy the Ride disse...

vou lembrar-me também deste comentário e pensar que afinal a vida de compõe mesmo. ;)
obrigada*