2016

2016

07 novembro 2014

I no longer

este texto, por si só, já seria digno de ser partilhado. mas o facto de estas palavras serem de Meryl Streep, dá-lhe não só mais visibilidade, como o torna ainda mais especial. é exatamente isto.

5 comentários:

Rosa Lopes disse...

O texto não é dela. é de um escritor português! :)

Enjoy the Ride disse...

a sério?! já o li noutros sítios nos últimos meses, sempre com a referência ao nome dela. ups!

Ana Burmester Baptista disse...

Não sei a quem pertence o texto, mas gostei muito do que li. É mesmo isso. acabou-se a paciência, o politicamente correcto, o cutchi cutchi. Take me as I am, watch me as I go, mais ou menos isso. É o deixarmo-nos de m****s e irmos à nossa vida. Este foi o click que me deu quando fiz 40 anos. E é mais fácil de o seguir e aplicar diariamente do que o que se pensa. O meu fígado :D e a minha cabeça agradecem!Beijinhos!

Enjoy the Ride disse...

certíssimo. independentemente do autor, a verdade é que o texto é muito inspirador. confesso que ainda não tenho a destreza para o aplicar todos os dias nem com todas as pessoas. mas é um caminho a fazer. :)

Ana Filipa disse...

José Micard Teixeira. Como este tem muitos outros que valem a pena! ;)
Beijinhos