2016

2016

30 janeiro 2015

as vozes demoníacas da Ikea

tenho uma teoria, da qual ainda ninguém me conseguiu demover, sobre a Ikea. surpreendam-se: eu acho que, com a música ambiente, a loja transmite umas mensagens subliminares que nos levam a crer que precisamos de tudo o que lá existe. ontem, já com esta certeza e como precisava de lá ir, prometi a mim mesma resistir e sair de lá apenas e só com a moldura que queria comprar. o problema é que até chegar à moldura há demasiados objetos apelativos pelo caminho. e uma pessoa quer resistir, mas pensa sempre isto é que me está mesmo a fazer falta. e não consegue. e é fraquinha. e acaba por sucumbir. portanto, ia comprar uma moldura e acabei por trazer mais cinco ou seis coisinhas. pequenas. e que me estavam mesmo a fazer muita falta. e ainda fiquei com um móvel debaixo de olho, que é perfeito para a ideia que tive de renovar uma das divisões lá de casa. e eu não sei como é que eles fazem isto, mas conseguem sempre vencer-me. :)

imagem

Sem comentários: