2016

2016

19 abril 2015

bright side of life

habitualmente, não me queixo de falta de tempo, como a maioria das pessoas. se não faço tudo o que gostaria, é manifestamente por preguiça ou falta de organização. esta semana foi um bom exemplo de como, quando queremos, conseguimos fazer tudo (e a sorte ainda dá uma ajudinha) o que é preciso e o que queremos. 

imagem


na terça e na sexta, tinha dois projetos para entregar, o segundo dos quais me ia dar algum trabalho extra. aproveitei o início da semana para adiantá-lo em casa, noite dentro, para na quinta poder ir assistir ao concerto do Rui Massena, no CCB. jantámos no Honorato, em Belém, e seguimos para o único concerto que algum dia me fez deitar algumas lágrimas (esta melodia vai direitinha ao coração). na sexta, a seguir ao almoço, depois de uma revisão, tinha o projeto pronto e entregue. é o único dia da semana que dou como perdido para a vida social, porque nunca tenho horas para sair, por isso fico contente quando consigo rentabilizar todos os outros.
ontem foi dia de visitar uma amiga que teve bebé há uns dias. e, espontaneamente, pegar no carro e ir lanchar a um dos meus sítios favoritos em Lisboa, a Fábrica dos Sabores. daqui, fui direitinha ao Continente, fazer as compras da semana. seriam quase oito da noite, quando, entre pesar a fruta e pegar nos pacotes de leite, recebo uma mensagem a perguntar se queria ir ao Grant's True Tales, aquele evento para o qual adoraria ter comprado bilhetes, não fosse estarmos quase no final do mês. e ainda por cima no dia em que tinha os meus nomes favoritos no cartaz. quem é que pensa duas vezes? larguei o cestinho (sim, shame on me...), fui a correr meter gasolina, tomar banho, arranjar-me, comer qualquer coisa (bendito seja quem inventou o leite com cereais) e sair a voar. e foi tão bom: Nuno Markl, Leonor Seixas, Richie Campbell, Ruben Alves e o surpreendente storyteller Valter Hugo Mãe. um fim de semana que começou mais cedo e que teve esta surpresa maravilhosa. senão sou uma pessoa de sorte, não sei quem será. :)

2 comentários:

Ana Burmester Baptista disse...

São as coisas pequeninas que dão sentido à vida. Boa semana!

Enjoy the Ride disse...

"pequenas grandes coisas". :) verdade! e que bom que é. boa semana, Ana. :)