2016

2016

08 junho 2015

ser feliz com pouco

abraçar pessoas que não via há muito tempo. rever lugares. conhecer outros tantos. um piquenique. um parque verde numa tarde de sol. rir muito e rir alto. dançar. deitar na relva, à noite, para ver o céu estrelado. trinta mil pessoas silenciosas para ouvirem esta voz com uma orquestra que a acompanha. arrepiar-me com a magia do momento, único e perfeito. conhecer pessoas novas. e encontrar pessoas de todos os dias num outro contexto. brincar com crianças que não conhecia e ouvir as suas gargalhadas. pegar na prima bebé ao colo. descontrair ao som da música, em comunhão com milhares de pessoas. ouvir canções novas pela primeira vez e gostar muito. passear a pé. comer e beber sem remorsos. ver lágrimas de felicidade nos olhos de quem gostamos. e ver sorrisos, muitos, que a felicidade é sobretudo isso. sentir que se pertence a um lugar, mesmo que passem anos sem lá ir. concentrar boas energias de tantas pessoas bonitas, por dentro e por fora. fugir para ser feliz e trazer o coração cheio e alma lavada. 


imagem

Sem comentários: