2016

2016

15 fevereiro 2016

32 e solteira

um dia havia de acontecer: estar perigosamente rodeada de pessoas da idade dos meus pais, num evento social, e ter de responder à pergunta quando é que dás netos à tua mãe?. no sábado, foi o dia! 
o tom era meio a brincar, meio a sério, e não me devia surpreender, porque eu sabia (ó se sabia!) que este dia havia de chegar. as pessoas são muito curiosas em relação a estes temas - que podem ser delicados para a pessoa visada, nunca se sabe - e arriscam. confesso que já tinha ouvido várias histórias alheias, quase todas me deram vontade de rir, mas quando nos toca a nós, a tendência é dar uma resposta torta. ora, se pensarmos bem, eu não sou casada nem vivo com ninguém, não por nenhuma inaptidão social ou porque não acredite no amor. apenas porque ainda não calhou. mas estas pessoas não sabem. vá que eu era lésbica ou tinha problemas de fertilidade ou não queria mesmo ter filhos... e até nem queria que se soubesse. a curiosidade das pessoas, sobretudo as que não têm confiança connosco - que são quem habitualmente se aventura -, pode ser de facto inconveniente. confesso que é uma coisa que habitualmente me aborrece, mas no sábado, bom... no sábado tive mesmo vontade de responder uma alarvidade só para as desarmar. coisa que só aconteceu na minha cabeça, mas foi o suficiente para me divertir e não levar a pergunta (repetida não sei quantas vezes) a mal. só não repitam muitas vezes, que nem sempre as solteiras estão em dias bons. :)

2 comentários:

L. das horas disse...

:) single but not avaliable! ahah

Enjoy the Ride disse...

nem mais, L. ;)