2016

2016

28 março 2016

ovo da Páscoa

confesso aqui a minha total ausência de ligação às celebrações religiosas. adoro o Natal pelo espírito de família, gosto da Páscoa pela mesma razão, mas não celebro nenhuma destas datas com fervor religioso, que nunca tive (nem quando andava num colégio de freiras). estas festas valem pelo convívio da família, pela ambiente que se cria, pela antecipação de um momento em que podemos estar todos reunidos à volta da mesa. mas, se no Natal adoro todas as iguarias da época, na Páscoa só faço questão de ter o cabrito à mesa, feito pela minha Mãe, e uma ou duas fatias de folar (que sou pessoa de ficar cheia com pouco). amêndoas e ovos de chocolate não fazem parte das minhas preferências. 
este ano, à boleia de uma das revistas que compro religiosamente, fiquei de olho numa sobremesa que queria muito experimentar e a ocasião foi ideal, o almoço de Páscoa. é fácil de fazer, só um pouco demorada, porque tem vários passos, e ficou deliciosa. nem queria acreditar que tinha saído das minhas mãos. :)



Mil folhas de morango com creme de lima

* 3 placas de massa folhada
* água
* açúcar mascavado q.b.
* 800 gr de morangos
* 1 lima (sumo e casca)
* 0,5 litro de leite meio gordo
* 4 gemas
* 150 gr de açúcar (para a próxima corto um pouco na quantidade)
* 40 gr de farinha peneirada
* açúcar em pó para decorar

Pré-aqueça o forno a 180º.
Estenda as bases de massa folhada, pincele com água e polvilhe com açúcar mascavado. Leve ao forno e, assim que estiverem douradas, retire e deixe arrefecer.
Lave os morangos, corte-os em metades (ou em quartos, se forem grandes) e regue com o sumo da lima. Reserve no frigorífico. 
Num tacho, leve o leite ao lume com duas ou três cascas de lima e deixe aquecer, sem ferver. Retire e deixe arrefecer, já sem as cascas. Numa tigela, bata as gemas com o açúcar, até obter uma massa esbranquiçada e fofa e deite um pouco do leite já arrefecido. Misture depois a farinha e envolva bem. Leve novamente ao lume, mexendo sempre, até o creme engrossar (não demasiado). Retire e deixe arrefecer.
Depois, é só montar: uma base de massa folhada, metade do creme e um terço dos morangos; repita, de forma a terminar com massa folhada e com os morangos mais bonitos, cortados ao meio. Polvilhe com açúcar em pó e sirva.

Sem comentários: