2016

2016

17 agosto 2016

Amesterdão II

ficou prometido e agora é cumprido: em dois ou três posts, o resumo da viagem naquilo que realmente interessa: alojamento, restauração e lugares obrigatórios. 
nas viagens de lazer, depois de traçado um plano geral dos sítios a visitar e logo após a reserva do voo, a primeira preocupação de quem viaja é o alojamento. tendo como critérios a proximidade ao centro da cidade e o conforto, reservámos quarto no Westcord Art Hotel Amsterdam, através do Booking, um hotel de 4 estrelas com uma promoção muito simpática, e correu tudo lindamente (não esquecer que, a somar ao valor da reserva, deve sempre acrescentar-se o imposto municipal, que, neste caso, era de 5%). 




ficava numa zona residencial muito tranquila, a dez minutos do centro da cidade, e havia autocarros a passar à porta de dez em dez minutos.
moderno, simples, muito limpo, com a casa de banho imaculada, uma das coisas a que dou mais importância. camas confortáveis, o nosso quarto era virado para a avenida principal, onde passavam os carros, mas perfeitamente isolado do barulho. 



escolhemos pequeno-almoço incluído, para nos poupar a carteira e porque, confesso, é aquilo de que mais gosto nos hotéis. e o que dizer sobre isso? a sala, enorme e com mesas para todos os gostos - dos casais às famílias numerosas -, tinha vista para a esplanada, para o jardim e para a piscina exterior (que não experimentámos, porque não estava calor), sempre com música de fundo muito agradável. éramos recebidos na sala de refeições com um shot de iogurte com frutos. o buffet muitíssimo bem servido, com fruta fresca, cereais, vários tipos de pão, do mais comum ao mais saudável, manteiga/doces/mel/queijos/fiambre, chás, leite (de vaca e de soja), iogurtes ótimos e, claro, os típicos ovos com bacon e feijão; os únicos reparos que fiz, pormenores na verdade, foi em relação aos sumos não serem naturais e as panquecas terem mais gordura do que deviam. de resto, só elogios. 
quanto ao serviço, discreto e eficaz. como alternativa ao centro da cidade, que é sempre um pouco mais caro, sem dúvida que recomendaria.
no próximo post, restaurantes e esplanadas.




imagens

Sem comentários: